Palmeiras x Atlético-MG


Jogadores comemorando gol de Marcos Assunção em 2011 contra o Atlético-MG

Mal deu pra engolir a derrota para o fraquíssimo Ixpó e já temos outro jogo pela frente. O jogo é amanhã, sábado (09/06), contra o Atlético-MG no Pacaembu às 21:00. Apesar do horário ingrato, em casa e independente do adversário, o único resultado aceitável é a vitória!

O último jogo entre as duas equipes foi pelo Brasileiro do ano passado, no Canindé, vitória por 3x2. Como mandante temos 28 jogos na história, 20 vitória, 2 empates e 6 derrotas. No geral, temos 65 jogos, 36 vitórias, 10 empates e 19 derrotas.

O Palmeiras tem um desfalque certo: Valdívia. Vítima de sequestro relâmpago, o jogador viajou para o Chile com a esposa para se recuperar do choque. Do lado Mineiro, possuem um reforço certo: Ronaldinho Gaúcho/Carioca/Mineiro. O, agora, R49 diz estar motivado para jogar bola e promete resposta em campo.

Com a lista de relacionados divulgada, temos a certeza que Artur não jogará e assim uma nova dúvida: Felipão manterá o esquema com Cicinho na direita? Não acredito. Infelizmente nossos 2 laterais direito não estão jogando nada, então, se Felipão for manter o esquema, acredito ser mais fácil improvisar o João Vítor na direita.

No meio campo fica difícil saber quem será o titular, Felipão poupará Daniel Carvalho para o jogo contra o Grêmio ou colocará para pegar ritmo? Espero que seja a segunda opção, deixando que Felipe entre lá pelos 15 minutos do 2º tempo, para aí sim poupá-lo. Eu, como todo torcedor, tenho um treinador dentro de mim e adaptaria o esquema usado no meio da semana, colocaria Daniel Carvalho e Felipe no meio e Mazinho e Barcos no ataque. Deixaria Maikon Leite para o segundo tempo e colocaria Thiago Heleno na zaga.

Apesar da minha preferência, acredito que Felipão volte a escalação natural: Bruno, Cicinho, Leandro Amaro, Henrique, Juninho, João Vítor, Márcio Araújo, Marcos Assunção, Daniel Carvalho, Mazinho (Luan) e Barcos.

Avanti Palmeiras!

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação