Palmeiras goleia e avança

O Palmeiras aplicou uma goleada de 4 x 0 no Paraná e avançou para as quartas-de-finais da Copa do Brasil. Na próxima fase enfrentaremos o Atlético-PR que venceu o Cruzeiro de novo, em Minas.

Fazia tempo que o Palmeiras não goleava ao natural, como foi ontem, mas o resultado não pode mascarar algumas "bricandeiras" que cometemos no campo de defesa, se fosse contra um time de qualidade a situação poderia se complicar. Um exemplo é o lance que o atacante do Paraná ficou cara-a-cara com Bruno e acabou finalizando muito mal, com 0x1 no placar o jogo ficaria muito tenso. Foi como comentei ontem via twitter durante o jogo, Felipão deve ter prometido bicho dobrado, durante a preleção, pra quem mais se arriscasse próximo a área de Bruno.

O dono do jogo foi Mazinho e aproveitado a entrevista de Valdívia ao fim do jogo: "Mazinho praticamente acabou com o jogo". Era o jogador mais objetivo do verdão, Valdívia cadenciava e virava o jogo, Mazinho puxava o ataque com velocidade e Barcos teve chances não tão claras, mas jogava bem e fazia boas jogadas. A substituição de Barcos deve ter sido pelos 2 cartões que o argentino já tem, é melhor garantir a sua participação na próxima fase.

Com a mudança a zaga ficou completa com Román e deixou Mazinho sozinho no ataque, ele que já tinha feito o primeiro gol com o manto alviverde no 1º tempo, puxou um contra ataque e fuzilou o gol adversário para fazer 2x0. O mesmo Mazinho levou o jogo para a esquerda e um chute cruzado achou Valdívia na pequena área para fazer 3x0 e explodir de alegria. O dono do jogo foi substituído por Maikon Leite para dar um novo gás ao ataque e ser aplaudido, e com menos de 1 minuto em campo Maikon Leite aproveitou erro de passe adversário e engatou a 5ª marcha, só parou na hora de tocar pro gol, 4x0 e classificação mais que garantida.

Nota para Henrique que foi bem amador, poderia ter ido tirar satisfação sem dar uma "cabeçadinha" ou até ter se jogado na hora do empurrão, escolheu o jeito mais complicado de vingança e não dá para dizer que o árbitro errou ao mandar os dois para a rua. Poderia até dar amarelo aos dois, mas prevendo continuação da confusão resolveu cortar o mal pela raiz.

Agora temos 1 semana para nos preparar para o Atlético-PR, time bem mais superior que o Paraná, mas nada que nos cause preocupação. Não devemos ter dificuldades se jogarmos com qualidade e sem erros.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação