Dybal renova, mas e aí?



Saiu a notícia da renovação de Bruno Dybal, com 18 anos recém completados (03/03/1994), 1,81 m e 66 kg, a revelação do Palmeiras já conquistou inúmeros títulos nas categorias de base do clube.

O contrato deve ser assinado ainda hoje, 03/05/2012, e deve dar 100% de aumento ao garoto com contrato até 2015, além de outras bonificações como: ser promovido ao profissional, relacionado para uma partida, jogar e até ser convocado para Seleção. As notícias não dão conta se o Palmeiras cedeu alguma porcentagem a DIS, empresa que gerencia a carreira do atleta, mas o boato que rolava era este.

Mas no fim, qual o destino dessas grandes promessas do Palmeiras? É preciso trabalhar melhor o processo de transição entre a base e o profissional, recentemente alguns jogadores vem treinando aleatoriamente com os profissionais, mas só isto não basta, levar um garoto para treinar uma vez a cada 6 meses não vai ajudar em praticamente nada, a não ser que o jogador "destrua o treino".

Se é para trazer jogador duvidoso (nome até que não foi destaque no Paulistão 2012) e com passe totalmente ligado a empresários, qual o motivo de não investir em jogadores com destaque nas categorias de base do Palmeiras? Campeões com a camisa do Palmeiras! Jogadores como os meias Bruno Dybal e Bruno Sabiá, o volante João Denoni, o zagueiro Luiz Gustavo são alguns dos nomes que poderiam tranquilamente estar treinando no lugar dos que foram emprestados/liberados mais Patrik e Vinícius.

Não vamos considerar que são salvadores da pátria, mas é impossível entender a subutilização da nossa categoria de base.

Atualização: Direitos econômicos confirmados em 50% do Palmeiras, 15% da DIS, 15% do atleta e 20% da Footballtalent.

Um Comentário até agora.

  1. Engraçado que investir em jogadores da base sem destaque é comum no verdão. mas investir em jogadores da base com destaque é um tabu. Não só o Bruno Sábia, e o Dybal tem também o Diego Souza, muito bom jogador. E o Luiz Gustavo é um baita zagueiro Muitooooooo melhor do os que estão jogando hoje em dia. porque não um time com Bruno, Cicinho, Luiz Gustavo, Henrique e Juninho.
    M. Araújo, B. Dybal, Valdivia, Diego Souza e Bruno Sábia e Barcos completando o ataque.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação