Resposta de Galuppo ao Juquinha

Fernando Galuppo, historiador palmeirense, mandou a seguinte resposta ao "imparcial" jornalista:

Caro Juca Kfouri,
Na matéria divulgada em vosso blog no dia 22 de fevereiro do corrente, intutilada: “A história de uma marmelada documentada..”, gostaria de parabeniza-lo pelo resgate histórico desse episódio folclórico da história do futebol brasileiro.

Entretanto, já no primeiro parágrafo da matéria, consta uma inverdade e um erro histórico que um jornalista do seu quilate não pode jamais cometer. Diz o texto: “Em 1968, o Palmeiras corria o risco de ser rebaixado no Campeonato Paulista caso perdesse o jogo contra o Guarani, em seu penúltimo jogo pelo estadual.” Isso nunca existiu. Pois, na partida em questão com o time campineiro, o Palmeiras já estava livre da degola. Caso desconheça a história – e também a matemática – já na rodada anterior do campeonato de 1968 o Verdão venceu o América de São José do Rio Preto, pelo placar de 2 a 0, gols marcados por Ecio Pasca e Ademir da Guia, no dia 26 de junho de 1968, em São José do Rio Preto, e livrou qualquer risco matemático de ser rebaixado, com duas rodadas de antecedência.

O imbroglio levantado pelo jornalista em seu blog é mais uma daquelas lendas do futebol que só os ignorantes e os desinformados levam em consideração. Fico feliz em constatar que o blog entrou no campo das maracutaias do passado, e por isso já sugiro como pauta para o consagrado jornalista que traga a público o escandoloso suborno do jogador Colombo, do Noroeste de Bauru, pela turma do Parque São Jorge, que decretou o título paulista de 1954 ao time alvinegro. Não seria uma delícia reviver também esse ingênuo momento da história do nosso amado futebol?

Atenciosamente,
Fernando Razzo Galuppo
Assessor de Comunicação e Historiador S.E.PALMEIRAS

Retirado do Forum PTD

3 Comentários até agora.

  1. Parabéns Galuppo, a "imparcialidade" de alguns jornalistas me deprimem.
    Aguante abrcs amigo até o próximo jogo na Javari.

  2. Parabéns Galuppo a 'imparcialidade" de alguns jornalistas é deprimente.
    Abraços amigo e te vejo na Javari.

  3. Gabriel Casaqui escreveu:

    Palestrinos,

    O Verdão melhorou, claro.
    Porém, a exemplo de todos os grandes de São Paulo, o Paulistão não deve servir de parâmetro para um desempenho notável.
    A invencibilidade supera esse argumento? Talvez.
    Mas só nos mata-matas é que esse time vai mostrar até onde poderá efetivamente ir ou quais esperanças gerar no torcedor.

    Abordo isso no meu texto em meu blog e convido todos a lerem e debaterem amigavelmente.

    Abraços.

    Gabriel Casaqui
    http://obotecoesportivo.blogspot.com.br/2012/03/supreende-mas-nao-convence.html

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação