Mais que um time, um orgão de caridade


Frizzo de Calcutá: "A partir do momento em que a comissão técnica disse que não pretendia contar com o Pierre, um ídolo do clube, achei que o melhor seria emprestá-lo. Acho um bom negócio não ter que pagar o salário dele, por isso acertei com o Alexandre Kalil o empréstimo de graça. E é bom o Atlético ficar nos devendo uma. Entendo que as condições do empréstimo não têm nada a ver com o que acontece no campo de jogo. É um assunto mais da direção do que da comissão técnica. Entendo que o Felipão quer o melhor para o clube quando pede uma compensação. Gosto da atitude dele, mas nós já tínhamos entendido de maneira diferente".

Sem mais comentários necessário, é assim que a Diretoria do Palmeiras caminha, deixando com inveja qualquer Santo/Beato.

Um Comentário até agora.

  1. Dru Arnaldo escreveu:

    O povo já começa a murmurar "Fora Frizzo", vai cuidar das suas lanchonetes e para de criar problmeas para o time, mas ele sempre insiste em dizer e fazer o que não se deve, aí então quem está devendo é o proprio Frizzo, não é toda hora que a gente vai querer tomar "friznnte"...
    Sai fora, já queimou a fachada!

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação