Cruzeiro 1 x 1 Palmeiras


E o ponto fora de casa foi conquistado. Claro que devido ao momento de ter feito o gol primeiro, ficamos com o gostinho de quero mais, mas temos que ser realistas e aceitar que o Cruzeiro tem muito mais time e elenco. As peças que entram não diminuem a qualidade do time. É assim que precisa ser para o Brasileiro.

A minha análise será por partes: ataque, meio (??), laterais e defesa.

O Cruzeiro jogou para cima o tempo todo e o Palmeiras tentava aproveitar o contra-ataque, sem grande eficiência, pois Kléber jogando isolado não consegue resolver sozinho. Patrik e Luan se aproximam pouco da área, o primeiro deixou a desejar e o segundo tem como característica jogar aberto.

Tinga foi outro que esteve apagado, não comprometeu, mas deveria ter aparecido mais no jogo. A zaga foi bem, num contexto geral, mas em alguns momentos teve brancos que deixaram os adversário na cara do gol, não fizeram e mataram o jogo por incompetência. Por mais que o Palmeiras tivesse o 'domínio' do meio, deixava muitos espaços para que o Cruzeiro desenhasse o jogo, principalmente no segundo tempo. Marcos Assunção apareceu nas bolas paradas, apenas, e se aquela falta entra o jogo era nosso.

Cicinho sentiu a falta de ritmo, mas não apoiou como se espera. E Gabriel Silva teve uma partida complicada, errou no gol deles e deixou Anselmo Ramon livre para tocar para dentro do gol. Esse setor que nos "deixou na mão" neste jogo, Cicinho sem ritmo e Gabriel Silva num péssimo dia viram o Cruzeiro jogar o tempo todo pelos lados do campo.

Não vejo o nosso lateral esquerdo como culpado, tem que dar sequência para ele, ano passado foi bem e acredito que fará um bom campeonato. Infelizmente o Palmeiras carece de meias e o time não anda como deve, e isso repercute a todo o resto.

Luan fez um gol importante e que poderia ter sido mais ainda se não fosse o gol em bola parada, mas o chute dele pegou na veia e longe do alcance do goleiro Fábio.

No balanço geral, é um ponto importante que fazemos. O Cruzeiro teve pelo menos 3 chances de matar o jogo, 1 sem goleiro e o Palmeiras quase arranca mais pontos. Agora é fazer o dever de casa contra o Atlético-PR, e agora só a vitória interessará.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação