Robert e Zago fora

O Palmeiras não contará mais com o comando (??) de Zago e nem com os gols decisivos (????) de Robert.

Ainda não houve um pronunciamento oficial do Palmeiras, e nem vazou os outros 2 nomes que estariam envolvidos na confusão (Deus queira que seja o Marquinhos e que ele vaze também), mas provável que só os protagonistas devem sair.

Começam por todos os lados os boatos de novos treinadores, de Jorginho a Felipão, passando pelo A. Batista. Mas ficar aqui chutando não será a minha função.

A pergunta que eu faço para finalizar é: Até quando teremos essa incompetência acabando com o Palmeiras.

Um Comentário até agora.

  1. Irineu Curtulo escreveu:

    Repito o que escrevi no post anterior:
    Fomos entregues a essa corja, e o pior de tudo isso é que nem demos conta de que isso acontecia sob os nossos gloriosos corações. Sabe de uma coisa: mesmo tendo a resistência como lema, tradição e conquistas, não vejo perspectiva pra tal revolução, não por não termos sangue nas veias e artérias, mas por não acreditar que teremos de volta o que nos pertencia por direito, o respeito á SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS. O dinheiro sujo transformou um pífio coadjuvante(Chelsea), num dos mais poderosos clubes do planeta. E é assim no mundo inteiro, “se não quiser se juntar ao mundo dos canalhas, suma”!
    Sinceramente, e digo isso sem saber exatamente o por que, me cansei do que chamam de disputas futebolísticas. Acho que fiz a minha parte, todos meus filhos e netos continuam a amar o que meu bisavô ensinou meu avô a amar, e que ensinou meu pai. Cansei! Espero que meus netos continuem essa saga, o que realmente, não acredito.
    O futebol, realmente, é do povo, mas a imensa maioria desse povo jamais entendeu o que isso significa, e se deixou levar pelos inescrupulosos e covardes mentirosos que dominam o mundo.

    A turma que vai à geral ficará assistindo só na tevê. É gente que não consome nada, depreda e mata no metrô. Não interessa mais ao futebol. Dá orgulho ver o público pagar R$ 300 pelo ingresso. Não defendo a elitização. Mas o futebol precisa de dinheiro.” (J. HAWILLA)

    ESSE É O PERFIL DO PARCEIRO DA SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação