Quem vai ser julgado agora?

Leco, vice de Futebol Bambi: "Claro que as pessoas têm inclinações e vontades e podem ter o desejo de que o Flamengo seja campeão. Mas isso precisa ser feito de maneira lícita, dentro de campo. Não vão tirar esse título do São Paulo na mão grande. Se não quisessem que o nosso time fosse campeão novamente, deveriam ter avisado no começo do campeonato"

Cadê o tribunal? O Belluzzo foi julgado e punido por falar abertamente de roubo, mas e agora? Será que teremos novamente 2 pesos e 2 medidas?

2 Comentários até agora.

  1. Irineu Curtulo escreveu:

    Fernando, usando a mais pura das imaginações, e entrando na realidade, como se acorda todas as manhãs, eu me cansei dessa coisa chamada perseguição aos "italianinhos", favorecimento às meninas do jd leonor, o uso de 2 pesos e duas medidas. Cansei! Aliás, estou completamente esgotado de tudo isso. Já que o Belluzo resolveu botar a boca no trombone, e nossa diretoria se portou de uma maneira covarde e passiva, o que nos resta pensar, que tudo vai cair do céu e nos iluminar, na mais perfeita graça divina. Não! Isso nunca acontecerá! Tem que partir de lá de dentro do clube, tem que fechar as portas a essa impren$a, e ver no vai dar. Temos condições de fazer isso: nossa torcida é participativa, somos inteligentes e jamais precisaremos dessa bosta de impren$a vendida. Diretoria, feche a porta para essa corja, pois se não são ao menos honestos pra escrever o que realmente se passa dentro do clube, que nos esculhambem, mas não dentro de nossa casa. Fora impren$a! Já que somos tratados como "italianinhos" destemperados, que façamos, ao menos, jus a esse tratamento.

  2. Irineu Curtulo escreveu:

    Deixei o texto abaixo no Massimo, do Boletim Rosa:

    Sinceramente, se você realmente fosse PALESTRINO nunca mais escreveria nesse meio de comunicação vendido. Sinceramente, se você realmente fosse PALESTRINO pediria demissão já! O que aconteceu no jogo Bambis e Vitória foi apenas um desentendimento entre aqueles viados, essa foi a manchete, apenas no dia seguinte, quando do ocorrido. E quanto a nós, os verdadeiros PALESTRINOS, eis a matéria 2 dias após o incidente: "

    A Academia virou “Loucademia”. Há conflitos no grupo e na cúpula. E faltam dois jogos, com a vaga na Libertadores correndo perigo.

    A opinião dos especialistas

    Psicólogos do esporte falam sobre a briga entre Maurício e Obina

    Marta Magalhães
    Psicóloga da CBF
    “Precisa ser feito um trabalho interno. Deve estar acontecendo algum problema entre os jogadores e se tiver de achar um culpado, vão apontar algo externo”

    Evandro Motta
    Consultor Motivacional do Inter-RS
    “Na reta final, o importante é estar focado. Mas naquele momento eles estavam mais focados em saber quem tinha a culpa, e aconteceu aquilo”

    Suzy Fleury
    Psicóloga do Esporte
    “Quanto mais importante o jogo, maior a pressão, e isso interfere no controle emocional. Eles não suportaram essa pressão no momento decisivo”

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação