Sócio-Torcedor prestes a sair


O Palmeiras lança, no final de setembro ou, no máximo, meados de outubro, uma campanha para atrair novos sócios torcedores. A intenção é atrair cerca de 25 mil palmeirenses dispostos a pagar anuidade para ajudar o clube.

Os dirigentes palmeirenses esperam arrecadar R$ 25 milhões com a iniciativa. Quem aderir terá preferência na compra dos ingressos das partidas do time. “O sócio torcedor terá a prioridade na compra das entradas. Dois dias antes da venda normal, ele poderá adquirir via internet ou na bilheteria”, explicou Rogério Dezembro, vice-presidente de marketing.

Para atrair interessados, o Palmeiras criou outras facilidades. Afinal, o Palestra Itália comporta 27 mil pessoas. O sócio torcedor terá, então, descontos na compra de produtos e serviços de empresas patrocinadoras ou parceiras do clube. “Serão descontos exclusivos que compensarão o investimento ao longo do ano”, explicou Dezembro.

Além disso, estão programadas visitas à Academia de Futebol, encontros com os jogadores, com ídolos do passado e também presentes com itens customizados.

A longo prazo, Dezembro explica que a meta estabelecida até o final de 2010 é de 100 mil sócios torcedores. Detalhe: ainda não está definido o preço da anuidade. No desenho atual, o Palmeiras vai oferecer três categorias com valores diferentes e benefícios proporcionais.


Bonecos do Love

Com a chegada do atacante Vagner Love, que estreou sábado passado contra o Barueri, o Palmeiras acelera o contato com fabricantes para colocar em prática outra idéia de licenciamento: bonequinhos com os jogadores.

O atacante que veio da Rússia é o primeiro da lista. Ela inclui também o goleiro Marcos e mais três ou quatro atletas que virarão miniaturas. Se tudo der certo, os bonequinhos do Verdão poderão ser vendidos ainda no final do ano.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação