Nada de Unimed na bunda

Belluzzo: "Não fechamos e acho que nem vamos fechar um novo acordo de patrocínio, pois há uma cláusula contratual impedindo isso"

É, o que parecia certo, virou incerto. E a novela foi a passos de formiga acelerada.

De Cosan para Lupo e em seguida para Seguros UNIMED.

Um valor baixo, para mais de R$ 4 milhões.

Mas tudo acaba por aí, aparentemente, a Samsung vetou.

Belluzzo: "Em conversa com a Samsung, vimos que não tínhamos o direito de fechar o contrato do calção. Estamos negociando outras propriedades (como banners e o carro da maca) com a Unimed"

Que vacilo..

Um Comentário até agora.

  1. porcopedia escreveu:

    Financeiramente pode ter sido ruim para o clube mas para mim, patrocínio na bunda não dá.
    Eu gostei.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação