E que vitória

O Periquito Verde conseguiu expressar bem essa vitória.

"Uma vitória à la Pierre!"

E que vitória, e que jogo. O Palmeiras foi sufocado durante todo o jogo.

No primeiro tempo, logo de cara a zaga errou feio e deixou Thiago Ribeiro livre, para escolher o canto e marcar 1 x 0. Marcos ainda caiu pro lado certo, mas não a tempo de evitar o gol.

Logo em seguida, Diego Souza pegou a bola e num 'tiro' (não se pode chamar aquilo de chute) seco e com um efeito incrível 'matou' o goleiro Fábio.

No segundo tempo muricy fez a melhor escolha, a que eu faria, sacou Robert e colocou o jovem e seguro Maurício (atenção nesse garoto ta jogando bem). A bola chegava pouco no ataque porque o sistema defensivo estava falho. No primeiro contra-ataque, Cleiton Xavier enfiou "A" bola pro Love que estava encarnado no Bolt ontem a noite e não perdoou.

O juíz resolveu dar emoção ao jogo, expulsou Armero numa falta que meio estranha, meio no tropeço, mas não dá para dizer que foi injusta, dá para dizer que se o juíz soubesse que o lateral já tinha amarelo, não teria expulsado.

O Palmeiras tomava pressão, e Muricy mexeu bem de novo, sacou Love e botou Willians, sangue novo e muito veloz para fechar o lado esquerdo e conter um pouco aquele lado que estava escancarado. Adiantou Diego Souza de vez, que tentava sozinho, segurar a bola no ataque.

A partir daí, o Cruzeiro perdeu força e não conseguia chegar com a mesma força.

Vitória no Mineirão. Liderança isolada. E sábado o Palestra vai estar lotado.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação