PVC entrevista Muricy

MURICY - "O Márcio Rivellino conduziu muito bem o negócio e foi ele quem fez a reaproximação. Não fosse por ele, pelo Cipullo e pelo Toninho, o negócio não estaria fechado agora."

PVC - Você gostou do time ontem?
MURICY - Gostei. Tem uma hora que precisa prender um pouquinho mais, segurar um pouco mais... Mas o time está bem. A maneira como a equipe está montada é muito boa. O time é bom. O que precisa é de um pouco mais de elenco, porque o campeonato é muito longo. Mas o time... o time em si é muito bom.

PVC - A maneira como está jogando... talvez possa ter mais variação, é isso?
MURICY - Tem outros jeitos de jogar, mas o jeito como está jogando eu gosto. Com o Diego chegando, com o Cleiton armando. Falta alguma coisinha ali na frente, entre o Williams e o Ortigoza.

PVC - A posição de segundo atacante?
MURICY - Segundo atacante o Diego Souza está fazendo. Tem um jeito de jogar também, como se está fazendo na Europa. Pode ser uma variação. O Cleiton armando pela esquerda, o Williams pela direita, o Obina na frente e o Diego vindo de trás. É uma outra possibilidade, uma variação que pode haver.

PVC - O Campeonato está ficando de um jeito que é possível pensar em chegar. O Corinthians, o Inter, o Palmeiras...
MURICY - É, o campeonato não está tanto como estava no ano passado, com tanta gente parecendo que pode chegar. Mas o torneio é sempre muito difícil, sempre muito difícil de prever. O importante é que o time está bem montado. Gosto do time que marca muito, retoma a bola, os laterais sobem bem.

PVC - Do Wendell, você gosta?
MURICY - Gosto. Ele desde que foi para o Santos achou sua posição ideal. Tem muita força, marca bem, não pode perder a qualidade dele, não.

PVC - Você jogou futebol de salão no Palmeiras?
MURICY - Eu jogava lá e minha relação com o Palmeiras existia, porque o Valdemar Carabina era muito amigo do meu pai. Ele não saía lá de casa. Eu jogava futebol de salão, passava muito tempo dentro do clube. Agora, vou voltar a conviver lá.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação