Estamos vivos na Libertadores

Essa vem do Blog do Luxa

Estamos vivos na Libertadores

Não fizemos a melhor partida tecnicamente do ano mas sabíamos das dificuldades que iríamos enfrentar contra o Nacional. Alias, a equipe uruguaia mudou completamente suas características de tudo que já havíamos observado, colocando três zagueiros, uma linha de seis e um atacante.

Minha mudança cedo na equipe foi em função disso, mesmo porque no futebol não existe tempo técnico.

Venho observando que grandes equipes do futebol europeu tem atuado com as alternativas que tenho utilizado em nossa equipe, colocando-se zagueiros atuando pelas alas como fez recentemente o Barcelona contra o Manchester com o zagueiro Pujol.

Quanto a entrada do Jumar nos últimos quinze minutos, o meu objetivo foi o de darmos mais equilíbrio ao meio campo, pois apenas o Pierre estava atuando por ali e estávamos perdendo espaço.

O gol que tomamos foi fruto de um vacilo nosso e de uma fatalidade do futebol, gol esse que nos entristeceu, mesmo porque 1 x 0 na Libertadores é goleada.

Seguiremos para o Uruguai, como em recentes ocasiões, firmes e fortes para a vitória. Estou ligado e acompanhando tudo que envolve a mim e a minha equipe.

Para os que constantemente vivem colocando pedras no meu caminho, aproveitando-se de alguns resultados ruins, continuo forte e determinado a conseguir novas conquistas, pois nunca fui e nem serei um “Bruxo” e nem tampouco um fracassado, apenas um vencedor na vida, se deliciando com as fases decisivas dos campeonatos.

Estamos muito vivos na competição e acredito na VITORIA.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação