0 x 0


Estava viajando e onde estava não pegava o jogo, não vi. Por este motivo, não acho correto analisar um jogo desse porte. Vamos ler então, a análise segundo Conrado Cacace, o Parmerista!

Num dia 24 como hoje, nem tudo podia ter dado certo. Ao final, o empate acabou sendo justo pelo que os dois times produziram em campo, a não ser pela desastrosa arbitragem de Rodrigo Braghetto, que não deu um pênalti escandaloso sobre Diego Souza no segundo tempo. O Verdão agora vira o pensamento para a Libertadores, e o jogo contra o Nacional do Uruguai é na quinta-feira.

No início o Palmeiras assistiu o São Paulo jogar, e Marcos fez mais uma sequência de defesas espetaculares. Com 30 minutos, já tinha feito três daquelas que você terá orgulho de dizer a seus netos que viu ao vivo no estádio. Ver Marcos nessa forma é um privilégio para poucos. Ainda mais que o público hoje foi de apenas 12 mil pagantes.

Luxa entrou com uma formação cautelosa, um 3-6-1 onde os laterais tinham certa liberdade no apoio, mas as jogadas não tinham sequência porque Keirrison sozinho na área bambi era presa fácil para a marcação delas. Na marcação, Jumar e Mozart tentaram fazer a proteção ao trio de zagueiros, mas falharam, deixando-os expostos à velocidade de Dagobambi. Por sorte, os supostos meias dos leonores estavam numa tarde pouco inspirada, caso contrário Marcos teria que ter trabalhado muito mais.

Para o segundo tempo, Luxemburgo mexeu em dose dupla: Lenny e Souza em Danilo e Mozart. Assim, CleitonX teve um pouco mais de liberdade e o Palmeiras ganhou o meio-campo. Curiosamente, os laterais tiveram uma participação muito mais efetiva sob esse esquema, tanto que Muricy tirou Hernanes e colocou Arouca para reforçar a marcação, principalmente sobre Armero. A partida então passou por um momento mais travado, até que Luxa trocou Keirrison por Ortigoza, para aumentar a movimentação do nosso ataque.

O Palmeiras então voltou a ter o comando do jogo, a torcida cresceu e o Palestra, mesmo com apenas metade da lotação, virou um caldeirão. Tava com cara de gol. Mas a expulsão de Mauricio Ramos freou o ímpeto do Verdão, e os bambis começaram a achar que iam ganhar o jogo. E quase ganham, em duas defesas de Marcos no finalzinho, numa delas, com o pé, salvou gol certo de Washington. Ao final, Diego Souza ainda descolou uma cabeçada para o chão que ia na gaveta, mas fraca, ao alcance do goleirinho deles que é fãzão do Marcos.

Taticamente foi uma partida interessante, Luxa mais uma vez começou errado mas acertou o time no decorrer do jogo, e o bambi, apesar de mais uma vez contar com a ajuda do juiz, até que fez uma boa partida, uma das melhores dos últimos tempos - lógico que tinha que ser contra nós.

Assim, o bambi já contabiliza 2 pontos roubados no campeonato. Dos 2 pontos que fez. Isso é que é 100% de aproveitamento.

Aguardem parta esta semana grandes novidades: o lançamento do novo uniforme da Adidas e um pacote para acompanhar o Verdão no Uruguai. Fiquem atentos!


Amanhã tem mais Br09, tabela atualizada, bolão e muita Libertadores!

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação