Respira fundo.


A vitória de ontem foi importantíssima para o elenco Palmeirense, e principalmente para a torcida que andava meio "assim" com o elenco e algumas atuações. Mas o elenco correspondeu, teve seu brio ferido e respondeu em campo: Aqui é Palmeiras!

Luxemburgo anulou a equipe do Nelsinho, taticamente. Jogamos duro, com pegada, com alma e com o coração. O juíz deu muitos amarelos pros nossos jogadores, deixou de amarelar alguns deles e poderia ter expulsado 1, mas foi do jeito que todos queriam, e o medo dos ixportianos (juíz brasileiro) não teve influência, resultado merecido, até porque o Palmeiras, apesar de jogar mais retrancado, teve mais chances claras de gols do que o próprio Ixpó, que teve mais posse de bola.

Além dos gols:
- Fabinho Capixaba poderia ter metido a cabeça naquele cruzamento do Cleiton Xavier;
- Diego Souza poderia ter feito 2 obras primas, o goleiro deles se recuperou bem.

Mas, ânimos mais calmos após a guerra em ICEife, precisamos de cabeça no lugar, e principalmente os jogadores não podem entrar no clima de já ganhou, porque isto não existe. Na próxima quarta-feira, temos um jogo importantíssimo, e necessitamos da vitória no dia 15, tanto quanto precisávamos da vitória ontem, dia 8.

Aos torcedores, também, humildade, o time do Ixpó virá mordido para SP, e caberá a nós saber administrar isso, devemos continuar passando incentivo aos jogadores, continuar passando que cada jogo da Libertadores é GUERRA!

Quanto a campanha "Yes, we can", começarei a apoiar esta idéia, pelo objetivo da classificação. Sim, nós podemos, e vamos se classificar. E se assim for, dificilmente perderemos essa Libertadores.

Aqui é Palmeiras, cazzo.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação