Unificação dos Títulos Brasileiros



Fonte: LanceNet


O evento aconteceu no salão nobre da sede do Palmeiras, o movimento foi lançado, oficialmente.

Norberto da Silva: "O campeão da Copa João Havelange que, apesar do apoio da CBF foi organizada pelo Clube dos Treze, é reconhecido como Campeão Brasileiro. A situação é a mesma."

Luiz Gonzaga Belluzzo: "Parece que o mundo e o futebol brasileiro começaram apenas em 1971. É preciso reconhecer o que aconteceu antes. Ninguém aqui está querendo mudar o passado. É lógico e simples. Agora, não é porque é lógico que vai dar certo."

Ontem vi um post que me causou surpresa, no LanceActivo, de um São Paulino. Encontrei alguém sensato?

Pode soar estranho um são paulino querer isso, fazer com que seu time deixe de ser o clube mais vencedor do futebol nacional, fazer com que ele perca a tal - e polêmica - soberania de títulos no Brasil, mas sou sim a favor da unificação destes títulos.

Para o bem do futebol brasileiro, para o bem da história futebolistica do Brasil, para sermos justos com Pelé, Garrincha, Tostão, e com vários craques do passado, com times e tecnicos brilhantes, SIM! Que se unifiquem os títulos, o futebol penta campeão mundial merece!

Porque, para que se tenhamos um pouco de dignidade com nosso futebol, com nossa memória - falha - esportiva e para que tenhamos um pouco mais de profissionalismo. Pois vide exemplo a Itália, que desde sempre unificou seus campeões nacionais, desde o amadorismo dos primórdios do Calcio até os mega milionários campeonatos de hoje.

Então caro torcedor que a justiça com nossa "pátria de chuterias" seja feita, e lembre-se "quem não lembra do seu passado, não enxerga o futuro"
.
Escrito por: Rafael Guerra


Sensato, e só pra finalizar, a FIFA, considera o Palmeiras e o Santos Octa. Somente a CBF não considera.

2 Comentários até agora.

  1. Anônimo escreveu:

    Não reconhecer este títulos é o mesmo que dizer que Pelé, Tostão, Garrincha, Rivellino, Ademir da Guia e Djalma Santos nunca foram campeões brasileiros, só campeões estaduais. Se era o único campeonato de relevância nacional da época e que dava vaga para Libertadores, não dá pra não reconhecer.
    Pergunte ao Pelé se é verdade que ele nunca foi campeão brasileiro ?

    Cruzeirense
    Bi da Libertadores e Bi da Supercopa dos Campeões da Libertadores

  2. Bruno Batera escreveu:

    Muito legal a cobertura do Nação Palmeiras com relação a esse assunto. Sempre achei q o Palmeiras deveria correr atrás desses títulos e agora nós estamos prestes a ver esse sonho realizado. Espero q o Nação Palmeiras continue sempre divulgando notícias sobre a unificação, para q o Palmeirense q lê o blog esteja sempre a par do assunto, q é de extrema importância para a nossa história.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação