Chega a ser cômico


Se não fosse trágico.

O cidadão João Paulo de Jesus Lopes, diretor do SPFW disse uma coisa que me intrigou: "Para nós, o jogo terminou ontem. Os incidentes não podem ser debitados ao São Paulo."

NÃO PODEM SER DEBITADOS AO SÃO PAULO, FAFARRÃO!!

Mas na época do "Caso Gás", ficaram na imprensa por dias, ou meses, falando que a culpa era do Mandante, no caso o Palmeiras. Nós, portanto, fomos julgados e punidos, pois é claro que o que vocês julgam, a imprensa e as "autoridades" acatam.

Nesse caso a culpa é do Mandante, do Estádio Sem Segurança e da Polícia.

Não me venham com essa ladainha vergonhosa de tentar amenizar os fatos, pois o que aconteceu no clássico "Majestoso" foi "Vergonhoso".

Mas o cidadão, não satisfeito, jogou a culpa para os corinthianos: "Hoje temos que pacificar, nós não devemos ficar incentivando a rivalidade. O que aconteceu é que as organizadas do Corinthians foram hostis e a polícia reagiu."

É um absurdo amigo, ABSURDO o que esses Srs. falam. O fato é que foram lançadas BOMBAS do estacionamento privativo dos sócios do SPFW!

Ahh, quero ver o timinho pequeno ser julgado pelo ocorrido no clássico.

Um Comentário até agora.

Adicionar novo comentário

Devido a comentários sem educação, aguarde a moderação